Voltar

Corpo e Escrita de Si - 24.09

Curtir

Data do Evento

Inteira R$20,00 Meia R$10,00

FALE CONOSCO

Descrição

A oficina busca explorar a ideia de "escrita de si", recortando referências como bio-drama e teatro documentário, para abrir um espaço de construção de registros auto-ficcionais possíveis. Para tal experimentação, a oficina estabelece diálogos entre a experiência de processos colaborativos, dramaturgia e corpo.

Faixa etária: Adulto

Público-alvo: Artistas que estejam interessados em discutir seus processos de criação, oriundos da dança, teatro ou performance, assim como da literatura, das artes visuais, vídeomakers, fotógrafos e estudantes em geral.

Paula Lice

Paula Lice é atriz, diretora, performer e escreve para teatro, cinema e TV. É graduada em Letras, com mestrado em Teorias e Crítica da Literatura e da Cultura e doutorado em Artes Cênicas, todos pela UFBA. Destaca-se no seu repertório, o curta-metragem “Jessy” (2013) – que deu origem ao reality show “Drag me as a queen”, do qual é co-criadora. É tambpem co-criadora do longa-metragem “Ridículos”(2016), que foi escolhido como melhor roteiro no 40 Festival Guarnicê de Cinema. Participou como atriz do longa-metragem “Pinta” (2013), de Jorge Alencar, do curta Estela, de Hilda Lopes Pontes, pelo qual ganhou uma menção honrosa pela sua atuação no Panorama Internacional Coisa de Cinema 2017 e da série “A professora de música” (2016), de Edson Bastos e Henrique Filho. Foi preparadora de elenco desta última e do curta “Menino da Gamboa” (2014), de Pedro Perazzo e Rodrigo Luna. Com intensa dedicação ao universo infantil, Paula Lice é co-autora da peça, do curta-metragem de animação “Miúda e o guarda-chuva”, realizado através da única edição do ANIMATV, em 2010. Escreveu, dirigiu e produziu “Para o menino-bolha”, indicado ao Prêmio Braskem de Teatro 2015, nas categorias melhor direção, espetáculo infanto-juvenil e texto, tendo sido vencedor do último; peça também foi lançada em livro pela Coleção Dramaturgia da EDUFBA. Lançou, de forma independente, seu primeiro livro infantil “A Gilafa”. O texto do livro foi publicado na revista Cartografias, do projeto Mapa da Palavra, da FUNCEB. Ainda para a infância, assinou a dramaturgia do espetáculo de dança “Quarto Azul” (2013), dirigiu “O mundo de dentro” (2015), escreveu e dirigiu “Priscilla e o tempo das coisas” (2016) e assinou dramaturgia e direção do espetáculo de dança “Bonito” (2017), indicado ao Prêmio Braskem na categoria infanto-juvenil. Como atriz, foi indicada ao Prêmio Braskem de Teatro pela sua atuação em “A persistência das últimas coisas” (2017), de Celso Júnior. Atualmente é professora do Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias aplicadas, da UFRB, onde desenvolve trabalhos artísticos e de extensão com seu grupo de pesquisa CRICA – Criar para criança: núcleo de estudos das artes e culturas da e para a infância.

Inteira R$ 20,00

COMPRAR

Será realizado no dia 24/09/2019 às 13:00:00 horas

FALE CONOSCO

Meia R$ 10,00

COMPRAR

Será realizado no dia 24/09/2019 às 13:00:00 horas

FALE CONOSCO

Introduction: a UXD Parable

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

Copyright 2020 | Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por

Apoio Financeiro: